RexSpy: O novo vírus para celulares

18/11/2006 Written by Alberto Redi (Halfmoon)

phoneA pri­vaci­dade mor­reu há muito tempo atrás, mas sem­pre nos deixa descon­fortáveis quando sabe­mos que podemos ser espi­ona­dos e con­tro­la­dos todo o tempo.

Um vírus para tele­fones celu­lares foi recen­te­mente desen­volvido pela empresa de segu­rança de dados Alemã SecurStarGmbH, ape­nas com caráter de demon­stração, ele pode espi­onar todas as lig­ações e men­sagens rece­bidas do celu­lar afetado.

Wil­fried Hafner, CEO da SecurStar, apre­sen­tou o soft­ware, que fun­ciona como um cav­alo de tróia e foi chamado de RexSpy, durante a exibição de Segu­rança IT “Sys­tem” em Munique, e ele focou nos efeitos deste alerta. O vírus explora fal­has nas redes usadas pelos apar­el­hos para entrar em qual­quer tipo de celular…

Durante sua apre­sen­tação, Hafner demon­strou como em poucos segun­dos é pos­sível seqües­trar um tele­fone celu­lar com um sim­ples SMS. O reme­tente então estará autor­izado a espi­onar toda a comu­ni­cação feita pelo apar­elho como um equipa­mento de mon­i­tora­mento passivo.

O reme­tente pode espi­onar o celu­lar durante todo o período que o mesmo está em uso. Todas as men­sagens SMS e as con­ver­sas podem ser ouvi­das. Todas as áreas do celu­lar infec­tado foram mon­i­toradas. O tro­jan até mesmo enviou todo o con­teúdo do cat­a­l­ogo tele­fônico”, declarou a SecurStar no relatório oficial.

Além disto, de acordo com Hafner, o ele­mento mais impres­sio­n­ante deste prob­lema é que o código do vírus não é difí­cil de ser ger­ado e pode ser mod­i­fi­cado para ser auto­mati­ca­mente redis­tribuído. “Qual­quer pro­gra­mador pode desen­volver tal soft­ware com pouco inves­ti­mento de tempo e esforços. Se ninguém perce­ber que está recebendo um vírus, poder­e­mos ter con­se­qüên­cias dev­as­ta­do­ras”, con­cluiu a SecurStar.

A SecurStar ofer­ece um soft­ware gra­tu­ito para down­load capaz de bar­rar as ações do RexSpy para dis­pos­i­tivos usando Microsoft Win­dows©. A ver­são para dis­pos­i­tivos que usam Sym­bian está em desen­volvi­mento e será elab­o­rado com PhoneCrypt, o qual prom­ete pro­te­ger seus con­sum­i­dores de qual­quer ataque eletrônico para cap­tura de conversas.

Sem dúvida a ini­cia­tiva da SecurStar foi ape­nas a intenção de pesquisar, nas soa estranho a empresa que com­er­cial­iza a pro­teção con­tra ataque de vírus de celu­lar, ser a mesma que criou o vírus alta­mente perigoso, o que seria fácil para eles “com­bat­erem”. Não seria?

A asso­ci­ação GSM, a orga­ni­za­ção a qual é respon­sável para divul­gar novi­dades sobre tec­nolo­gia GSM ao redor do mundo, foi ques­tion­ada sobre o rexSpy, mas não quis­eram se pro­nun­ciar ime­di­ata­mente, talvez porque esta não seja a primeira vez que um soft­ware sim­i­lar foi desen­volvido para cap­turar as con­ver­sas e cer­ta­mente não será a última.


Share this content: